Início do Advento no Jaraguá

Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz. Missas que inciaram o Advento no santuário.

 

Nas missas do primeiro domingo do Advento, sábado dia 30 e domingo dia 01, Padre José Fernando, reitor do santuário refletiu sobre o tempo, tempo que não é este que conhecemos. Também como deve ser a preparação da chegada do Senhor. Ao final da missa houve uma mudança de coordenadores de pastorais.

Quando virá o Senhor?

Advento, aquele que há de vir. Os Primeiros Cristãos tiveram que fazer uma correção da segunda vinda de Jesus, pois acharam que Jesus viria logo. Assim mudaram a concepção da espera imediata. Teologicamente há duas interpretações, através do estudo da escatologia, quando cada um estiver diante do Senhor.  Uma mais personalizada na raiz, se refere quando Jesus disse ao ladrão: “hoje mesmo estarás comigo no paraíso”, este momento em que morre, será a visão da Glória.  Essa visão da Glória, a ressureição, estar diante de Deus de maneira individual.

Outra forma se fala: Quando vier o Senhor, então os mortos sairão dos seus túmulos e entrarão na Gloria. Pode ser que haverá uma espera, assim o dia vai chegar para todos. Também a glória, quando toda realidade humana for entregue ao Deus criador.

Como deve ser a espera do Senhor?

Agora, neste círculo do ano litúrgico, estamos de novo na espera do Natal do Senhor. É uma espera como de uma mulher grávida, espera boa, aos poucos vão cuidando, preparando para a vinda de uma criança. É essa espera que estamos falando. Assim deve ser a espera do filho do homem. Plenitude e libertação.

“A noite já vai adiantada, o dia vem chegando; despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz. Procedamos honestamente, como em pleno dia; nada de glutonerias e bebedeiras, nem de orgias sexuais e imoralidades, nem de brigas e rivalidades. 14Pelo contrário, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo. (Rm 13; 12-13)

Convite à preparação do Advento

Padre José Fernando fez um convite para esta preparação ao Natal: “O Advento são 4 semanas, aproveitemos a preparação do Natal. Se puder ir as missas todos os dias, é um verdadeiro retiro espiritual, leituras e frases bem preparadas. A Igreja prepara muito bem este tempo da Liturgia. Escolher gestos concretos, também nos sintoniza com aquele que vem!”

Troca de coordenadores das pastorais de Liturgia e Música.

Os coordenadores André e Márcia Micha passaram a coordenação da liturgia para o casal Terezinha e Adenilton.

O coordenador Stefano passou a coordenação da música para o Murilo Tristão.

O Padre Zé agradeceu o tempo que ficaram e seu empenho.

_____________________________________________________

Texto: Sueli Vilarinho

Fotos de sábado(30 de novembro) Alex Formigoni

Fotos de domingo (01 de dezembro) Larissa Ramos

Amex Assessoria