Pe Alexandre Awi no Primeiro Congresso da Pastoral do idoso- Roma

Pe Alexandre Awi: "Ter muitos anos de vida significa valorizar este período de vida e perceber que a sabedoria dos idosos deve ser transmitida"

O Primeiro Congresso Internacional de Pastoral do Idoso se realizou em Roma de 29 a 31 de janeiro no Centro de Congressos Agostiniano. "O objetivo deste encontro é refletir pela primeira vez como Igreja sobre a importância da pastoral dos idosos", disse Pe. Alexandre Awi Mello, Secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Esta é uma realidade que já existe em alguns países, porque tendo em conta que a população está a crescer, a Igreja "quer dar uma resposta correspondente".

 

Perceber a sabedoria dos idosos

"A riqueza dos anos" foi o título deste primeiro congresso; um título que pretendia deixar claro que "a idade não é algo negativo" e que "ter muitos anos de vida significa valorizar este período de vida e perceber que a sabedoria dos idosos deve ser transmitida", disse o Padre Alexandre  Awi. Recordando as muitas vezes que o Papa disse que os idosos são as raízes de um povo, o Padre Awi Mello explica que a Pastoral do Idoso "é uma pastoral que quer responder à espiritualidade específica desta época onde muitos ainda estão ativos e podem dar uma resposta como protagonistas da evangelização da Igreja - diz - mas também muitos precisam ser evangelizados". Na verdade, diz ele, "já não é tão evidente que os idosos sejam pessoas de fé".

 

Não abandonar ou descartar os idosos

"Devemos ter cuidado para não deixar os idosos abandonados e descartados da sociedade, e a melhor maneira de integrá-los é o único Deus criado, que é tê-los como parte da família". O Secretário do Dicastério Vaticano explica que a Igreja está cheia de idosos nas suas fileiras e, em muitos casos, parece que ela "se acostumou" ao fato de que eles estão "sempre lá" e "nada deve ser feito por eles", mas este "não deve ser o caso", assinala, "também eles podem fazer muito pelos outros, pela evangelização e pela Igreja".

 

Estar atento a esta realidade

No final, Padre Alexandre Awi nos convida a "tomar consciência desta realidade que os idosos estão vivendo", porque nesta sociedade tão individualista e secularizada "vemos como as crianças não estão mais interessadas em seus pais porque não são mais produtivas" e, portanto, conclui "são descartadas".

 

_________________________________

Texto: Mireia Bonilla - Cidade do Vaticano

Foto: Vatican News

Fonte:  https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2020-01/congresso-da-pastoral-dos-idosos-encontro-papa.html

Amex Assessoria