Aliança - União entre o céu e a terra- entre Deus e nós

Missa do dia 18 de agosto e reflexão para nossa vida de Aliança de Amor com Maria e com Deus.

A Aliança de Amor é a nossa casa de força, nosso poço de energia

Assim realizou-se a homilia do Padre Marcelo Aravena na missa de renovação da Aliança dia 18 de agosto de 2020. Missa com participação presencial e transmitida pelo Faceboock do Santuário.

Quando as pessoas visitam o Santuário, ou rezam lá, ou se juntam a um Grupo de Schoenstatt ou a algum Ramo- qual é a nossa esperança e a nossa oração?

Que todos  experimentem uma Aliança - uma união entre o céu e a terra; entre o Senhor e nós.

Porque? Porque está comprovado que Schoenstatt vive e tira força da Aliança de Amor com Maria, a Mãe Três Vezes Admirável.

Se queremos manter a presença que cura,  a graça, a bênção e a plenitude de vida e vibração de Deus, então temos permanecer fiéis a essa Aliança e torná-la a nossa principal ocupação, e o nosso interesse favorito.

O carisma de Schoenstatt (a Aliança de amor), como no seu início, é agora e será sempre a sua força e fonte única de vida.

O Santuário é um "monumento" a uma fé firmemente mantida: Maria fez uma Aliança com este Santuário e uniu-se ao Santuário - para estar presente e ativa.

No Santuário encontramos Maria como a Mãe

Ela também é companheira do Senhor, também nossa Mãe e Companheira, que quer formar corações humanos em ícones de Cristo.

Maria é a Mãe que escuta e compreende; é a primeira e fiel discípula que nos pode mostrar o que significa seguir Jesus e viver o seu Evangelho.

O Santuário é um monumento a um convite de Deus para renovar a nossa Aliança com ele - a nossa Aliança Batismal. Assim renovamos esta mesma Aliança com Maria, a Mãe de Jesus. Essa é a "novidade", esse é o fator surpreendente, a revelação inesperada.

Esta é a "obra de Deus".

O Santuário e a Aliança fazem sentido, quando se pode dizer com convicção: "Isto é obra de Deus - Deus tem estado aqui ativo; Ele queria que tudo isto acontecesse"!

Esta certeza está no cerne, na essência do que é um santuário, ou o que é terra sagrada - isto é obra de Deus, não esforço ou realização humana.

Como é que sabemos isto? Como podemos ter a certeza? São Paulo fala sobre a "porta aberta". Quando as pessoas comuns tentam descobrir o Plano de Deus e a sua vontade, Deus abre uma porta e as  convida a entrar por ela.

Ele conduz-nos e revela-nos o seu Plano de amor e sabedoria passo a passo. Só precisamos de amor e coragem para entrar por esta porta e então Deus oferece-nos outra porta. Esta é uma forma bíblica de descrever como podemos tentar e descrever a fé prática na Divina Providência.

Na Aliança de Amor esforçamo-nos por descobrir o Plano de Deus para nós e uma vez que o tenhamos descoberto, fazemos o nosso melhor para o realizar.

Outra razão para confiar que este é o trabalho de Deus é o "resultado criativo" ou resultante criadora em Schoenstatt.

Vejam o que aconteceu, vejam o crescimento desde que a primeira Aliança foi feita? Por outras palavras, os resultados não só são positivos como vão para além das expectativas.

Sinais da intervenção de Deus

Os teólogos têm tentado muitas vezes trabalhar os "sinais" de que Deus está presente e de que esta é a sua obra e iniciativa. Falam frequentemente de três elementos chave, que são os sinais da intervenção de Deus:

  1. Pessoas com muitas limitações
  2. são confrontadas com sérias dificuldades e obstáculos, mas
  3. no entanto, conseguem algo de grande, que dura e dá muitos e grandes frutos para os outros.

Depois chega-se ao que se chama um "certitudo moralis" - uma certeza moral ( uma segurança- convicção) de que o Senhor está aqui, presente e ativo.

Perguntas para Reflexão

  1. Dê uma olhada em como Schoenstatt cresceu aqui no Brasil, e no seu próprio grupo? Pense nessa historia Maravilhosa de amor de como Deus foi conduzindo tua biografia pessoal, de família, de grupo, de ramo?
  2. Pense nos três elementos chave sobre a atividade especial de Deus quando ele esta em ação, no leme do barco? Dê as suas razões.
  3. Como é que Deus conduziu você à Aliança de Amor? Pode nomear a "porta aberta”? quais foram as tuas portas abertas para chegar a aliança de amor?

Queridos irmãos, irmãs: Lembremos e renovemos neste dia de Aliança que esta Aliança e o nosso santuario são nossa casa de força, o nosso poço energia, energia inesgotável!

Amém.

_________________________________

Santuário Sião Jaraguá 18 de agosto de 2020

Homilia Pe. Marcelo Aravena

Fotos: Sueli Vilarinho.

Amex Assessoria
Doe agora