Óleo reserva nas nossas lâmpadas é o Amor!

Estar atentos e viver o Reino de Deus aqui, com humildade e amor. Assim reflete em sua homilia padre Marcelo Aravena

 

Neste domingo, 08 de novembro de 2020, a missa foi celebrada pelo padre Marcelo Aravena, estavam presentes a Senhora Raquel Padilha e  casais da Liga das famílias do Jaraguá por ocasião de selar Aliança de Amor. Padre Marcelo e a Sra Raquel são assessores  da Liga de famílias. 

Em sua homilia o padre interpreta como podemos estar preparados para o encontro com Deus. O evangelho do dia é o de São Mateus (Mt 25,1-13) 

Como é importante a porta pela qual se entra! 

Ela se abre e nos leva para dentro. Sim, mas para onde exatamente? Para onde nos levou o dom da sabedoria. Sabedoria, saber, saborear. Saborear, sentir o gosto e, logo depois, saber do que se trata. As portas se abriram e cinco moças entraram. As portas se fecharam e cinco outras ficaram de fora.

Estamos no fim do ano litúrgico e do tempo comum. Portas se abrem, portas se fecham, temos que atravessar o tempo e entrar na eternidade. Cessa o pecado deste tempo presente e abre-se a porta da divina misericórdia.

Acender a fé com obras de bondade

Sejamos previdentes e estejamos preparados, com as lâmpadas acesas, com reserva de óleo. Acesa está nossa fé e cheias de obras de bondade, as nossas lâmpadas.

Que Deus nos conceda tempo para uma verdadeira conversão! Ele nos dá o tempo desejado. Temos ainda duas semanas antes que o Rei bondoso e justo se sente na cátedra do julgamento. Certamente podemos começar a ser sábios agora. Ame a sabedoria e procure-a. Madrugue por ela e a encontrará sentada à porta, e a porta se abrirá. Para tudo na vida o que importa é ter bom senso.

Quem tem bom senso medita e reflete sobre os caminhos da sabedoria. Ela é luminosa e nunca murcha. Está sempre ao nosso dispor. Com ela tomaremos decisões acertadas. Decisão acertada foi a das moças que providenciaram óleo suficiente para terem suas lâmpadas acesas, quando o noivo chegasse.

A morte não é o fim, esperança!

Fim de ano, fim dos tempos e fim desta vida. Chega a morte. Morte, juízo, inferno e paraíso. Deus nos livre do inferno e nos leve ao paraíso! Não ficamos tristes diante da morte porque temos esperança. Jesus morreu e ressuscitou, nós também ressuscitaremos por sua graça. Seremos arrebatados nas nuvens ao encontro do Senhor, nos ares, e assim estaremos sempre com ele, escreve Paulo para o consolo dos irmãos de Tessalônica.

Vigilância, sejamos atentos aos desejos de Deus!

Não ficamos tristes e não temos medo porque, não sabendo nem o dia nem a hora, permanecemos vigilantes, conforme a recomendação do Senhor.

Temos consciência de termos sido pecadores, mas tomamos a decisão de não mais ofender a Deus em nossos irmãos e irmãs. E se ainda fizermos alguma coisa má, em seguida faremos duas que sejam boas, porque o amor cobre a multidão dos pecados.

O sábio é sincero e humilde diante de Deus e diante de qualquer pessoa. Prudentes e imprudentes, dormimos todos enquanto esperamos.

As moças cuidadosas não puderam partilhar o óleo, mas procuraram ajudar orientando as descuidadas para que fossem comprá-lo. Não deu certo. Nem tudo dá certo, nem tudo está certo.

O que não pode acontecer é que nos digam: “Não vos conheço”. Precisamos ser conhecidos desde já por aquele que é a Sabedoria encarnada, nosso Senhor Jesus.

O Amor e a humildade, sinais do Reino de Deus, aqui! 

A parábola das dez virgens serve de alerta para os cristãos de todos os tempos. A sensatez aconselha a conservar a lâmpada sempre acesa e, até a se ter óleo de reserva. Isto significa, manter-se zelosos pelas coisas do Reino, entusiastas em fazer o que agrada a Deus, vibrantes na prática do amor e da justiça, cheios de ânimo por saber-se à espera do Senhor que vem, inflamados pelo desejo de estar em comunhão com Deus.

Não ter consigo óleo de reserva – é não perseverar no amor – é insensatez que pode merecer ouvir do Senhor a terrível sentença: "Não os conheço!" O discípulo fiel sabe se prevenir, sendo perseverante na prática do amor.

Temos que estar preparados, mas tranquilos, perseverantes, fieis fazendo nossa parte, construindo o Reino de Deus aqui na terra, na nossa família, no nosso bairro, no nosso país mas com amor e humildade.

Assim conclui sua reflexão.

Após a missa os casais fizeram a Aliança de Amor com a Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

CONVITE: 

Padre Marcelo convida os casais que queiram participar da Liga de Famílias que entrem em contato com a Regina na Secretaria e ela encaminha para o dirigente da Liga. Telefone/ WatsApp da secretaria: 11 94550-0208

 

PARA ASSISTIR A MISSA:

 

___________________

Texto Sueli VIlarinho

Homilia Padre Marcelo Aravena, Santuário Sião do Jaraguá 08/11/2020

Fotos: Alex Formigoni e Marcos Bastos Schmidel

Amex Assessoria
Doe agora