Queremos estar na presença de Deus

Ter o amor que Cristo teve por nós impresso em nosso coração.

O quinto domingo da Quaresma 21 de março de 2020 a santa missa foi celebrada no santuário pelo seu Reitor Pe Gustavo Hanna Crespo, somente com transmissão on-line devido as restrições do Novo Corona Vírus.

Padre Gustavo em sua reflexão nos convida a estar na presença de Deus e confiar Nele a hora do encontro na plenitude. Assim explica:

Queremos ver Jesus

“No Evangelho de João do dia de hoje, na frase que os gregos dizem à Felipe e André: “Senhor, gostaríamos de ver Jesus”(Jo-12,21) é uma experiência de estar na presença de Deus para contemplá-lo. Um clamor de quem queria não só ver, mas contemplar a presença de Deus.

Ver na nossa vida de Oração que somos chamados a estar com o Senhor, simplesmente dizer aqui estou, aqui está o teu filho, aqui está aquele que te ama tanto. Pedir a graça da contemplação no tempo da Quaresma, também é a conversão de relacionar nos plenamente com Deus e de forma gratuita.

Com a minha vida eu te glorifico

O Evangelho segue e nos convida a graça da contemplação de buscar dia a dia Jesus, não só olhar, mas fazer da atitude de Jesus, a minha atitude. A primeira atitude de Jesus nos diz: “se o grão de trigo não cai na terra e morre, continua sendo um grão de trigo” muitas vezes temos medo de dar um passo de morrer para nossas próprias coisas, nossos egoísmos, nossas próprias vontades e ficamos sem fruto pois olhamos para dentro de nós e somente nós temos valor. Jesus nos convida a morrer destas coisas que nos tira do caminho da missão, que nos impede da plenitude. Tal como o grão de trigo, pela morte seremos outros e com vida somos chamados a dar frutos e dar passos que são de dificuldades, como Jesus que mostra para chegar à ressureição também precisou fazer o caminho de entrega total a atitude mais linda do cristão em que posso dizer Pai eu te glorifico.

Hora de estar plenamente com o Senhor

Não é necessário livrar-me do sofrimento e angústias, mas dai me força para seguir a diante nos meus sofrimentos e chegar um dia na vida eterna. Este é o sentido do evangelho, que se conecta da primeira leitura:  esta será a Aliança eu serei para eles um Deus e eles serão para mim o meu povo. Este Deus que olhamos e queremos testemunhar. Somos o povo da Aliança que reconhece, que Ele perdoa os nossos pecados e que nos faz seguir e caminhar até a vida eterna.

Que possamos ter o amor que Cristo teve por nós impresso e inscrito em nossos corações,ele seja a grande força em nossas vidas. E assim quando chegar o encontro pleno com o Senhor.”

Amém

______________________

Texto: Sueli Vilarinho

Vídeo: Marcos Bastos

 

 

Amex Assessoria
Doe agora